\  

Destaques de Junho

ver programa completo +++

CONCERTOS

QUARTAS | de Junho - 22H30
TERTÚLIA TRAD

As Tertúlias Trad são encontros semanais onde tudo pode acontecer: uma dança nova ou uma música antiga, um baile com um duo ou um concerto, uma jam-session ou uma sessão DJ Folk. Um documentário ou uma conversa partilhada por todos. Enfim... uma tertúlia.

As sessões são habitualmente asseguradas por um DJ FOLK-TRAD, garantindo a animação dançante durante a noite e, uma vez por mês, haverá um BALL-Duo [baile trad por dois músicos].

SITE

 

QUARTAS | de Junho - 22H30
ENSEMBLE JAZZ FBP

 

QUINTAS | de Junho - 23H00
JAM SESSION



SÁBADO | 06 de Junho - 00H00
COTTAS CLUB JAZZ BAND

Os Cottas Club Jazz Band, vem da zona Oeste de Portugal.
Surgiram em 2003 e estão focados no Dixieland (ou Jazz tradicional), o som que foi tocado durante os anos vinte e trinta, na cidade-berço do Jazz - New Orleans.

Este conceito, reflete-se também no instrumental da banda: trompete, trombone, clarinete, saxofone, Banjo, Sousafone e washboard. Na tradição dos velhos mestres, esta banda executa acusticamente os temas mais famosos da época, cantando inclusivamente recorrendo a um megafone. Nos traços mais genuínos da banda, além da mobilidade, cumplicidade e interatividade com o público, destaca-se a sua predisposição para a animação em complemento às interpretações musicais. Os textos humorísticos em estilo stand-up comedy, fazem que os Cottas, em todos os ambientes, consigam oferecer espetáculos memoráveis, únicos e bem dispostos.

 

SEXTA | 12 de Junho - 00H00
OS SAMBAS QUE OS MEUS AVÓS CANTAVAM 

O projeto “Os sambas que os meus avós cantavam” surge de algumas conversas descontraídas com a minha queridíssima mãe sobre o meu avô. O Sr João Vieira Nery era, além de um grande alfaiate, saxofonista. E tinha o samba como pano de fundo para as suas criações. Nestas conversas com a minha mãe, eu procurava saber quais eram as músicas que se cantarolavam na época.


SÁBADO | 13 de Junho - 20H00
8º ANIVERSÁRIO DA FÁBRICA BRAÇO DE PRATA


Meditações sobre José Saramago no dia em que se cumprem 8 anos de vida da Fábrica do Braço de Prata

“esta bomba não explodirá”  Era a mensagem encontrada no interior de uma bomba que não tinha de facto explodido.  A mensagem estava escrita em português. E foi encontrada por espanhóis, voluntários do exército republicano, durante a Guerra Civil. Quem conta esta história é José Saramago. Nas anotações à margem do seu último romance Alabardas Alabardas, ele já não se recorda onde ficou a saber deste gesto heróico de sabotagem. José Saramago sabe apenas que teria sido praticado por algum  operário da Fábrica do Braço de Prata onde essas bombas eram fabricadas como parte do apoio dado por Salazar ao exército de Franco..... Mais

FACEBOOK

 

SEXTA | 19 de Junho - 22H30
PABLO Y LOLA



Pablo e Lola- Musica típica Argentina - Pablo e Lola são dois jovens músicos Argentinos em turne pela Europa. Apresentam um show interactivo que convida a viaja imaginariamente através de ritmos, costumes,instrumentos, danças, paisagens e lendas do seu pais. www.pabloylola.com.ar

 

SÁBADO | 20 de Junho - 00H00
NEGA JACI

A baiana NEGA JACI apresenta o melhor do repertório Popular da Musica Brasileira. A energia e simpatia de Nega é contagiante e será difícil não bater o pé e dançar ao som do quarteto.
Nega Jaci ou simplesmente Nega, como seus amigos a chamam, apresentou a sua música a muitas figuras ilustres, sendo uma delas o ex-presidente do Brasil, "Lula" e a Rainha Sílvia da Suécia. Nesta última façanha o próprio palco foi o Castelo Real.
A encantadora cantora já levou a alegria da música brasileira a muitos locais de Londres, como o Ronnie Scott Jazz Club, e chega agora a Portugal.

Preparem-se para dançar muito!

 

SEXTA | 26 de Junho - 22H00
ELISA RODRIGUES QUARTETO

SEXTA | 26 de Junho - 01H00
DAKOTA SUITE e QUENTIN SIRCJAQ

Dakota Suite é o nome do projeto musical de uma vida do inglês Chris Hooson. Com uma carreira de mais de quinze anos e os mesmos discos editados, os Dakota Suite tornaram-se numa verdadeira banda de culto na Europa e na Ásia.
Mais uma vez em Portugal, os Dakota Suite fazem-se acompanhar pelo músico e compositor francês Quentin Sirjacq conhecido pelos seus discos ambientais e instrumentais ou bandas sonoras como do filme Les Beau Jours.
Em colaboração, os Dakota Suite e Quentin Sirjacq criaram e editaram os álbuns there is calm to be done, valissa e the side of her inexhaustible heart.
O que vamos ouvir nos concertos desta noite é uma súmula dos discos editados em conjunto num formato reduzido composto por voz, guitarra, piano e sons diversos.

Dakota Suite: www.dakotasuite.com
Quentin Sirjacq: www.quentinsirjacq.com

 

SÁBADO | 27 de Junho - 22H00
SINTRA PROJECT - Landscape
Ricardo Pinto jazz Quintet

Este disco foi gravado ao vivo em Lisboa no auditório das telecomunicações, no âmbito do festival dos Oceanos dinfundido em directo pela antena 2, a interpretação é a cargo do grupo de jazz de Ricardo Pinto Quinteto e editado pela label FEWG Records.
Sintra Project é dedicado à mágica vila de Sintra e aos ambientes marcados por uma densidade única, que inspiraram o compositor e deram origem ao seu universo musical neste disco.
A sua música atravessa o jazz, com especial enfaze no jazz europeu, passando por componentes de música para filme.
Ricardo Pinto toca trompete e é o compositor de todas as músicas.

FACEBOOK

TEATRO

QUARTA e QUINTA | 24 e 25 de Junho - 21h00
A VIDA E O SÁBIO

FACEBOOK


EXPOSIÇÕES

SEXTA | 12 de Junho - 19h00
"CASAS DA BOCA"
de Sylvia Pilisi

Sylvia Pilisi, natural da Hungria e a viver há poucos anos em Lisboa, onde exerce a profissão de tradutora/intérprete, expõe pela primeira vez em Portugal uma série de pinturas a acrílico sobre tela, todas elas influenciadas pela sua experiência lisboeta, ainda muito recente, onde a linguagem oral concentra muitos dos motivos dos seus dias, fazendo da boca o epicentro do tempo novo dentro do qual se relaciona, ou confronta, já que, entrando nele, a pouco e pouco e, talvez, para sempre, vem deparando com múltiplas expressões tantas vezes inexpressivas, linguagens duplas, trocadilhos "muraliados" num corpo urbano feito de mundos recheados de mundos. Uma viagem acabada de começar e nas bocas de todos as casas deles, aquilo que dizem, são e fazem.

 

“ARQUEOLOGIAS I”
de Luís Barreiros Tavares

Luís Barreiro Tavares teima em não nos aparecer, ou, em vez dele, e porque está vivo e “quer recomendar-se”, acabe por se mostrar através de cal viva (óxido de cálcio), sol, sombra, vento, ar, tempo, acaso, espaço, pequenos acidentes…cimento branco, pó de pedra, areia de rotilo (areia negra de origem vulcânica), tinta de água…mão esquerda e mão direita…
Tendo como principal fonte inspiradora o “Quadrado (Quadrângulo) negro sobre fundo branco” de Malevich, e que este ano comemora um século de existência, LBTavares constrói quadrados com uma multidão de memórias tão longevas quanto a existência da humanidade e onde, por puro acaso genético, nos revemos, acabando não só por habitarmos dentro de todas as texturas negras, cinzas e brancas com que ele nos reproduz o corpo do Mundo, como também voltarmos a sentir modos extintos, ou pararmos onde há anos deixáramos de parar, ou ainda se calhar nunca havíamos parado, numa relação desconfortável com a realidade muito particular (absoluta!) de estarmos perpetuamente vivos. Ver para rever e rever.

 

“REALIDADES PARALELAS”
Tiago Germano Rodriguez

Tendo a arte como reflexo dum processo interior de pesquisa e de experiências vividas, donde emergem expressões tantas vezes incontroláveis porque oriundas dum estado de êxtase, Tiago Germano Rodriguez assume dentro de si a existência de diferentes realidades paralelas que acaba por personificar nos despojados urbanos que ele retrata cruamente cativos duma rede citadina, ou dum mundo de fantasmas pois que mais não é do que feito de gente sem expressão, fachadas reduzidas a esquiços, cujo espaço, descolorado, eleva o mendigo a protagonista do não habitado.

RESTAURANTE
RESERVAS - 966 754 862
De Quarta a Sábado, das 20h até o final da noite...

SUGESTÕES DA SEMANA


BRACINHO DE PRATA

A VERSÃO "MINI" DA FÁBRICA BRAÇO DE PRATA
TODOS OS SÁBADOS DAS 14H00 ÀS 18H00

Para crianças dos 6 meses aos 13 anos


SÁBADOS | de Junho - 16h00

CIRCO NUM BAÚ de Trupilariante

Era uma vez uma menina que um dia, quando abriu a porta ao carteiro tinha uma grande encomenda para si. Um caixote embrulhado em papel castanho com uma carta que tinha escrito o seu nome – Ferdinanda Perquito. Ficou muito curiosa, e antes de abrir o caixote, foi ver quem lhe teria enviado tal surpresa. Abriu a carta e esta dizia “Querida e única sobrinha, deixo aqui o meu bem mais precioso. Espero que tomes muito bem conta dele e que vivas grandes aventuras!”. Mais curiosa e entusiasmada ficou! Foi abrir o caixote e qual não é o seu espanto quando ao rasgar o papel pardo vê um baú todo catita pintado de azul com estrelas brilhantes a alindar e, melhor ainda, escrito no báu estava “MiniCircos”.
O que será que vai acontecer quando Ferdinanda Perquito abrir o misterioso baú? Descubram nesta grande/pequena aventura pelo maravilhoso mundo do Circo num baú.

 



Contactos:
bracinhodeprata@gmail.com / 968 599 969
+++info

 

 

FÉRIAS DE VERÃO PARA OS MAIS PEQUENOS


 
 

IMPRENSA
+O QUE SE DIZ POR AÍ +

CONHEÇA MELHOR ALGUNS DOS +ARTISTAS+ QUE FAZEM AS NOSSAS NOITES

Horário
Quarta e Quinta | 
18H00 às 02H00
Sexta e  Sábado | 18H00 às 04H00

Como chegar
Rua da Fábrica de Material de Guerra, nº1 | 1950-128 Lisboa
(em frente aos Correios do Poço do Bispo)
GPS: 38.7433703 / -9.1006499
Autocarro:
728, 718, 755, 782, NOCTURNO 210 (horário - 00h05; 01h05; 02h05; 03h05; 04h05 no sentido Poço do Bispo-Cais Sodré)
Comboio: Linha de Sintra - Estação Braço de Prata
(direcção ao Oriente)

ARQUIVO