2018 / 2019

INSCRIÇÕES ABERTAS

QUERO COMEÇAR2018 / 2019

A ESCOLA

 

Em Setembro de 2017 demos os primeiros passos na invenção de uma Escola de Música no interior da Fábrica. Era um projecto muito antigo. As muitas salas de concerto de que dispomos, todas elas equipadas com material de som e luz, e algumas delas com pianos de concerto, a existência de uma livraria e um bar de apoio aos pais e alunos, um parque de estacionamento exterior gratuito com capacidade para quase uma centena de viaturas, tudo isto fazia da Fábrica o lugar perfeito para o acolhimento de aulas música.

Temos duas vertentes. Uma Escola de Jazz (dirigida por Ricardo Pinto) e uma Escola Clássica (dirigida por Daniel Schvetz). O Jazz é registo musical que caracteriza grande parte da nossa programação semanal. E podemos orgulhar-nos de termos entre os nossos músicos todos os grandes nomes do actual panorama jazzístico do país. A conversão dos nossos músicos em professores tem assim quase a condição de um serviço público oferecido à cidade de Lisboa.

A Escola de Jazz oferece um Curso de Jazz, uma formação completa de 3 anos em instrumento, voz, combo, harmonia, formação auditiva, para além de teoria musical e de história e filosofia da música. A sua singularidade deriva da integração permanente dos nossos alunos na vida musical da Fábrica, tanto enquanto auditores dos concertos que aqui se realizam todas as noites, como enquanto participantes possíveis das Jam Sessions das quintas-feiras. Os nossos alunos beneficiam também do programa intensivo de debates,  exposições, colóquios e ciclos de cinema que, sobre temas de estética, política, metafísica, compõe a actividade regular da Fábrica.

Temos cursos orientados para crianças (dos 3 aos 14 anos). São aulas de convite às sonoridades e aos ritmos do Jazz.  Desde a formação auditiva e aprofundamento das competências vocais, até à experimentação de diferentes instrumentos,  os nossos sábados estão inteiramente dedicados a estes alunos que, algumas vezes, antes mesmo de saberem ler e escrever, já querem tocar melodias de New Orleans.

A Escola Clássica responde à dimensão mais experimental  e, ao mesmo tempo, mais tradicional da relação com um instrumento. Isso permite um ensino canónico, segundo as boas práticas internacionais de interpretação musical, dos grandes instrumentos orquestrais, do piano ao violino, passando pela flauta, o acordéon ou o violoncelo. Mas a Escola Clássica também abre horizontes para registos de vanguarda como a música electrónica, a world music, ou mesmo o pop/rock.

Na Escola Clássica também recebemos crianças, em aulas de instrumento, de voz e de formação musical. Aqui os horários cobrem todos os dias da semana.

Scroll Up