QUARTA | 13 DE JUNHO 2018 - 22H30

nemayaNatural da Itália, o saxofonista Federico Pascucci viveu a experiência da música jazz através duma intensa atividade de estudos e concertos pela Europa, habitando nas cidades de Roma, Lisboa e Amesterdão. O seu trabalho artístico compreende uma profunda pesquisa dentro do mundo das linguagens musicais tradicionais da Europa de Leste que deu vida à tese “The Saxophone in the Balkans” (Conservatorium van Amsterdam), a colaborações com as orquestras ciganas da República da Macedónia, nomeadamente a Kocani Orkestar e a Sercuk Orkestar e à fundação de projetos como Errichetta Underground (Itália) e Tugoslavic Orkestar (Portugal).

De 2010 até 2014, Federico vive em Portugal e faz de Lisboa a própria cidade; nessa altura participa ativamente na vida do jazz português com inúmeras colaborações com artistas lusitanos, é professor na Escola Superior de Música de Lisboa através de um projecto dedicado ao pianista Lennie Tristano, toca nas bandas do Nelson Cascais, faz parte da big band do Hot Clube e toca com os Kumpania Algazarra e os Dead Combo.

Em Junho, Pascucci volta a tocar para o público português. Desta vez, traz com ele um convidado especial italiano: o baterista Riccardo Gambatesa, membro do último projecto do saxofonista, “East Trio”, e músico protagonista na cena do jazz creativo italiano, com um estilo pessoal influenciado pelos mundos da música rock e do jazz contemporâneo da vanguarda e com álbuns gravados pelas mais importantes editoras do jazz na Itália (Auand, CAM Jazz, Parco della Musica Records).

No dia 13 de Junho, Pascucci e Gambatesa irão-se juntar a André Rosinha e a Albert Cirera, notados músicos na cena do jazz portuguesa e com os quais o saxofonista italiano partilhou o palco em numerosos projetos, entre os quais o quarteto Malson, resultando no lançamento do álbum “Bzzz”, editado pela Sintoma Records em 2016. (Link para o álbum: https://sintomarecordsmusic.bandcamp.com/album/bzzz )

Joomla! Hosting from