SEGUNDA | 30 DE ABRIL 2018 - 22H30

cubaflamenBW

Diego El Gavi é o nome do flamenco em português. Com um talento indiscutível e um estilo muito próprio, juntou os elementos típicos do estilo flamenco com outros mais improváveis, acarinhando desta forma esta música tão tradicional e quente.
Está dado o mote para um espectáculo que irá envolver e transportar o público para o universo do cante flamenco, num ambiente intimista, até nas maiores salas. Com a ajuda dos seus músicos e que contam já com um extenso currículo que vai do jazz até ao fado, passando pelos ritmos latinos e chegando até às sonoridades balcânicas.
Diego El Gavi entrega ao público o melhor de si, mostrando, ao mesmo tempo, o melhor do flamenco feito em Portugal. Contando com as clássicas guitarras e percussão, a inovação da introdução do trompete traz um novo fôlego a este género, não perdendo a identificação com o estilo original, lançando novos motes e criando espaço para a criatividade e sonoridade de todos os músicos.
Estão reunidos os elementos para um espectáculo envolvente e cativante.
Criado a partir de um outro projecto de flamenco, Cale Gadjé, Diego El Gavi é uma novidade no panorama musical, mas começa já a cultivar um público fiel.
É um espectáculo para todos, quer se seja íntimo ou não da cultura flamenca.

Depois de alguns anos a trabalhar lado a lado com o pianista Victor Zamora, pareceu a ambos que os caminhos não tinham de ficar encerrados no flamenco tradicional. Os sons cubanos do piano de Victor Zamora foram surgindo, a voz de Diego foi acompanhando o ritmo da salsa, e nasce um trabalho de fusão a que chamaram CUBAFLAMEN. 

Joomla! Hosting from